• (41) 3671-8800
  • Seg. à Sex. 8h00 às 12h e 13h30 às 17h30

Atleta quatro-barrense Eduarda Rodrigues acumula vitórias no Jiu-Jítsu em 2021

 

Publicado em: 08/09/2021 17:19 | Fonte/Agência: Secretaria de Comunicação

Whatsapp

 

Atleta quatro-barrense Eduarda Rodrigues acumula vitórias no Jiu-Jítsu em 2021

Crédito: Divulgação

Em participação mais recente, ela foi campeã no BJJ Internacional, em São Paulo

Mesmo com os desafios impostos pela pandemia e das restrições para realização de eventos esportivos em 2021, a atleta quatro-barrense Eduarda Rodrigues não parou. Com uma rotina intensa de treinos de Jiu-Jítsu, ela não apenas manteve o condicionamento físico e aprimorou as habilidades de luta, como acumulou várias subidas ao pódio.
    
Em quatro meses foram quatro vitórias: Eduarda foi campeã na Copa Prime de Jiu-Jítsu Kids e Teen, nas categorias Juvenil (15 anos) e faixa azul nas categorias pesado (69 kg) e super pesado (73 kg), realizada no final de maio em Porto Alegre (RS); foi campeã na Copa Prime de Jiu-Jítsu Evolution, também em Porto Alegre no mês de julho; foi campeã no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu Esportivo, no mesmo mês, na cidade de Embú das Artes (SP); e, em sua participação mais recente, no final de agosto, foi campeã do BJJ Internacional, realizado em São Paulo.

A atleta
Aos 15 anos, Eduarda, ou Duda, como é conhecida pela família e pelos amigos, tem como meta seguir a carreira de atleta. Seu primeiro treino ocorreu aos 6 anos, mas foi entre os 8 e 9 anos que a dedicação ao esporte realmente ganhou força, sempre com a condução do pai, o atleta e professor de Jiu-Jítsu, Silvio Rodrigues.
    
Desde então, sua dedicação ao esporte segue sem paradas. Moradora do Jardim São Pedro, Duda treina de uma a duas vezes por dia, hoje é faixa azul, mas com a firme meta de conquistar o título mundial como faixa preta. Ela é irmã dos campeões mundiais de Jiu-Jítsu Mateus e Lucas Rodrigues, que já se dedicam ao esporte fora do país.
    
"Nós sempre nos preparamos para o melhor. Vejo o resultado dos campeonatos como fruto do trabalho que não paramos de fazer. Sempre treinei com meu pai e sonho seguir a carreira de atleta, avançando sempre mais", disse Eduarda, que a cada competição leva o nome de Quatro Barras ao pódio.   


Imagens