• (41) 3671-8800
  • Seg. à Sex. 8h00 às 12h e 13h30 às 17h30

Uma semana após anunciar criação da Secretaria da Mulher e Direitos Humanos, Tolardo reforça importância da medida

 

Publicado em: 25/11/2022 15:27 | Fonte/Agência: Secretaria de Comunicação

Whatsapp

 

Compromisso é oficializado em pleno Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher, nesta sexta (25)

O prefeito Loreno Tolardo anunciou, na última sexta-feira (18), durante o encontro promovido pelo grupo “Mulheres que Empoderam Mulheres”, na Câmara Municipal, a criação da Secretaria Especial da Mulher e dos Direitos Humanos. Uma iniciativa que, segundo ele, se alinha ao atendimento das demandas sociais que exigem um olhar mais apurado diante do tema. “Durante a pandemia, o maior número de casos de agressão esteve relacionado às mulheres. Sensíveis à causa feminina, ao crescimento da rede de apoio e proteção a este público, entendemos que era hora de fortalecermos políticas públicas voltadas às mulheres”, destaca o prefeito.

Ainda conforme Tolardo, a agenda se ajusta à uma realidade que requer a ampliação da defesa dos direitos femininos. “Ajudamos a implantar em Quatro Barras a Delegacia da Mulher, em 2021. Temos, por iniciativa do Poder Legislativo, a instituição da Procuradoria da Mulher. E, mais recentemente, sancionamos a lei ‘Casa Rosa’ para atendimento a mulheres em situação de violência doméstica, medida que vai ao encontro do nosso Plano de Governo", afirma o prefeito. A ‘Casa Rosa’ será um espaço destinado a acolher mulheres vítimas de violência e estabelecer políticas públicas para promoção dos direitos e incentivo ao empoderamento. 

Em outubro de 2021, Quatro Barras já havia dado um passo à frente para ampliar e aprimorar o atendimento a mulheres vítimas de violência doméstica. Foi quando o município, diante de uma ação integrada entre Prefeitura, Câmara Municipal e Delegacia de Polícia Civil, inaugurou o Setor de Atendimento à Mulher, ao lado da Delegacia de Polícia Civil. A unidade que oferece de forma exclusiva atendimento e acolhimento ao público feminino vítima de violência.

Na ocasião, Tolardo comemorou a iniciativa. “Torcemos para que a prática da violência seja superada o mais breve possível, mas se assim for necessário, que a mulher seja tratada com todo acolhimento, respeito e atenção ", disse o prefeito ao lembrar de uma lei municipal sancionada que proíbe a contratação, tanto no Poder Executivo quanto no Legislativo, de homens inseridos na Lei Maria da Penha. "É mais uma forma de tentarmos coibir esta prática", finalizou ele, ressaltando a importância da atuação da mulher para toda a sociedade.

O histórico de ações da Prefeitura de Quatro Barras revela o olhar diferenciado diante das causas femininas, principalmente no que tange à preservação da segurança das mulheres e à inviolabilidade dos seus direitos. Antecipando tendências, a gestão demonstra consonância com a realidade, haja vista que Quatro Barras anunciou a criação da nova pasta e, dias após, o Governo do Estado também anunciou em sua nova composição administrativa a implementação da Secretaria da Mulher e Igualdade Racial. 

Uma semana após o anúncio na Câmara Municipal, o prefeito Tolardo reforça o compromisso, validando a proposta, comunicando que a Secretaria Especial da Mulher e dos Direitos Humanos inicia suas atividades ainda este ano, já em 1º de dezembro. “Hoje, 25 de novembro, é o Dia Internacional de Combate à Violência Contra a Mulher. Reforço a satisfação pessoal diante da causa, porque esta será uma pasta que atuará de forma integrada à nossa estrutura administrativa e em parceria com os Poderes Legislativo e Judiciário, principalmente porque agora somos comarca, o que deverá facilitar os fluxos relacionados ao tema e garantir cada vez mais o espaço e o protagonismo que as mulheres tanto buscam e merecem, além de vigiar e fazer valer os direitos humanos em geral da população”, finaliza o chefe do Poder Executivo.