Jubileu de Ouro do Distrito da Borda do Campo

Jubileu de Ouro do Distrito da Borda do Campo


Publicado em: 29/08/2018 16:07 | Fonte/Agência: Departamento de Comunicação

Whatsapp

 

Jubileu de Ouro do Distrito da Borda do Campo

Descerramento da placa em comemoração ao Jubileu de Ouro do Distrito da Borda do Campo

Jubileu de Ouro do Distrito da Borda do Campo

Homenagem à Paulo Cruz Pimentel governador do Paraná 1966/1969 e Arildo Zatoni escultor Bordacampense

Na terça-feira, 22, em sessão solene na Câmara de vereadores o neto do ex-governador Paulo Cruz Pimentel,  atual vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, recebeu em nome do avô o título de Cidadão Honorário de Quatro Barras.

O então governador, assinou em 22 de agosto de 1968 a lei 5.828/68 que criou o distrito da Borda do Campo. A honraria concedida ao ex-governador é uma forma de gratidão e reconhecimento pelo legado à cidade que a época tinha apenas 7 anos de emancipação.

Eduardo Pimentel diz que se sente orgulhoso em receber a homenagem em nome do avô. “Muito orgulhoso em receber em nome do meu avô Paulo Pimentel o título de cidadão honorário de Quatro Barras pela criação, como então governador, do distrito de Borda do Campo, em 1968. Com sete mil moradores, o distrito é hoje um grande centro turístico da região como base do Morro do Anhangava e do Caminho do Itupava”, disse Eduardo.

A noite foi de homenagens também aos pioneiros vereadores da época. O único vereador vivo daquela legislatura, Gastão da Silva Pinto, foi aplaudido de pé pela população que lotava o plenário. Os vereadores da época não recebiam salários para o exercício da função.

A sessão também serviu para homenagear Arildo Zatoni, conhecido como “Nego”. O artista bordacampense é reconhecido pelas belíssimas esculturas em pedra nas praças da capital paranaense. As esculturas “Homem de Pedra” que está na Praça Daniel Mocelin, em Quatro Barras e o “Cavalo Babão” no Largo da Ordem, além das bases e torre  do monumento à Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, na rua Barão do Cerro Azul, e o Chafariz da rua XV de Novembro, em Curitiba, são obras assinadas pelo artista.

A Praça em comemoração ao cinqüentenário do distrito da Borda do Campo recebeu o nome de Arildo Zatoni em homenagem ao artista local. O mestre da cantaria ainda foi lembrado pelo monumento “Pedra do Sol”, que adorna o centro da praça.

A escultura dos canteiros, Gláucio Pereira enteado de Arildo, e Luis (Preto )Honório,  marcam os 50 anos do distrito. Todas as tardes, exatamente as 17h, a pedra é trespassada pelos raios de sol. Uma justa homenagem ao canteiro que esculpiu na pedra a sua poesia.

O prefeito Angelo Andreatta (Lara), natural da Borda do Campo rendeu homenagens as autoridades e aos artistas locais. “Somos gratos ao ex-governador Paulo Cruz Pimentel pela criação do distrito da Borda do Campo. Agradeço a todos os vereadores da época, aqui representados pelo Gastão da Silva Pinto, em especial ao meu tio Francisco Andreatta”, disse Lara.

A noite de homenagens que emocionou o público presente ainda teve  a surpresa proporcionada pelo colunista do jornal Agora Paraná, Sady Ricardo interpretando o clássico, “Meu País” do maestro Dante Borba. 22 de agosto de 2018, um dia histórico para a Borda do Campo e para a cidade de Quatro Barras.


Leia também

Secretaria Municipal de Governo

Defesa Civil cria iniciativas de prevenção à soltura de balões

01/07/2020 18:25

Secretaria Municipal de Assistência Social e Cultura

Assistência Social recebe doação de 2 mil máscaras do projeto Mãos que Ajudam

10/06/2020 08:55

Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura

Prefeitura e moradores realizam limpeza de rio quatro-barrense

02/06/2020 09:47