Escola Municipal Ernesto Milani

Quanta história para contar da Escola Ernesto Milani!

           


Moradores da Colônia Maria José, professores e funcionários e principalmente alunos, orgulham-se e muito da Escola Ernesto Milani. Mas nem sempre foi assim...

Muitas foram às dificuldades referentes à educação, principalmente as quantidades de salas de aula, nomeação de professores, apesar da proximidade da Capital do Estado estar à margem da Graciosa, a mais importante estrada ligando Curitiba ao litoral.

A primeira escola do Município foi na Colônia Maria José com o nome de Escola Isolada da Colônia Maria José, construída pelo Senhor Ernesto Milani, morador deste bairro, ao lado da antiga Igrejinha. A estrutura física para o atendimento das crianças era uma sala de madeira, sendo uma única sala de aula no terreno da igreja, atendendo a comunidade no período da manhã, 1ª e 2ª séries e, no período da tarde, 3ª e 4ª séries, sendo estas turmas multi-seriadas. 

O primeiro professor a atuar nesta escola foi Sebastião Ferrarini, em março de 1947, sendo ele o responsável por tudo e todos da escola. A parte de documentação era feita na casa do professor. A clientela atendida era todos os munícipes quatro barrenses, pois era a única escola do município. Atendia crianças de 07 anos de idade até 11 anos de idade. Contava com aproximadamente 30 alunos no total.

Em meados de 1960, a escola deixa de funcionar na igrejinha e passa a localizar-se na Avenida 25 de Janeiro nº 100, Colônia Maria José, onde, encontra-se até hoje. A estrutura era em alvenaria, contava com 04 salas, sendo, 02 destinadas a salas de aula, uma para a direção, uma para a cozinha e 02 banheiros (um para meninos e outro para meninas).

Em setembro de 1973, a Prefeitura Municipal de Quatro Barras, firmou Convênio e parcerias para a construção da unidade escolar. No mesmo ano, pela lei n° 11/73, a Prefeitura desapropriou lotes da Planta Jardim Graciosa e   através da Lei n° 17/73, aquele estabelecimento de ensino tomou o nome de “Grupo Escolar Ernesto Milani”, logo em seguida “Escola Rural Estadual Ernesto Milani”. 

A inauguração ocorreu no Governo de Jayme Canet Junior, sendo Secretário de Estado da Educação e Cultura o Prof. Dr. Francisco Borsari Netto. Neste período, o ensino passa a ser separado, com sua turma e séries especificas. Atendimento das turmas 3ª e 4ª série no período da manhã e a tarde, 1ª e 2ª série. Cada turma contava com aproximadamente, 15 alunos, num total de 60 alunos.

A partir de 1991, é colocado em prática o processo de municipalização de ensino, alterando o nome da escola para Escola Rural Municipal Ernesto Milani. Já em 2001, passou a chamar-se somente Escola Municipal Ernesto Milani.

Atualmente a escola atende crianças da Educação Infantil, do Ensino Fundamental de nove anos, da Educação Especial, do Programa do Centro Integral de Educação, Educação com Esportes.

Fecharam-se parcerias com diversos Projetos de grande importância para o desenvolvimento dos nossos pequenos cidadãos como:

 SEBRAE com o Projeto Educação Empreendedora, incentivando ideias inovadoras, no qual busca inspirar nos alunos a vontade de empreender, Para isso, desenvolve as qualidades e habilidades necessárias á um empreendedor, como a capacidade de enxergar oportunidades, a pro atividade e a confiança.

Educação com Esporte, juntamente com o Clube Santa Mônica, no qual proporciona a prática de esportes para alunos da nossa escola num propósito social estimulando a prática esportiva e descobrindo talentos.

Programa PROERD – nossos alunos passam a ter uma educação peculiar voltada a desenvolver nos jovens estudantes habilidades que lhes permitam evitar influências negativas em questões afetas às drogas e violência, promovendo os fatores de proteção.

Projeto Ler e Pensar - o próprio nome já diz tudo. Estimula nossas crianças a serem leitores, escritores, críticos, percebendo o mundo a sua volta, nesse projeto utilizamos muito as ferramentas e novas tecnologias como grande aliada. A tecnologia a serviço da educação.

Contamos com outros projetos, também estimulamos nossos alunos à participação de Concursos Culturais entre muitas outras práticas que agregam fatores positivos que só melhoram o aprendizado e interesse do aluno em aprender.  Hoje com aproximadamente 170 alunos entre Educação Infantil e Ensino Fundamental I, com uma Equipe de aproximadamente 28 colaboradores, profissionais qualificados e engajados por uma Educação Pública de Qualidade buscamos sempre um olhar acima, à frente rumo ao futuro.

A escola tem como filosofia promover uma educação de qualidade, possibilitando o desenvolvimento integral de nossos alunos e os ajudando a se tornarem cidadãos responsáveis de seus direitos e deveres, num processo de resgate da autoestima e confiança, mantendo a dignidade humana, agindo como transformadora.

É fundamental que a escola seja a mediadora, multiplicadora e colabore na formação de sujeitos que saibam utilizar na prática suas ideias e que sejam capazes de refletir e articular o conhecimento e seus processos de construção na sociedade a qual estão inseridos.

Como não ter orgulho de algo que começou tão pequeno e hoje tem grandes proporções. Foram anos de muito trabalho, dedicação e muito amor à educação, que chegamos a essa estrutura, tanto física quanto emocional, contamos com grandes parceiros, muitos olhares, e diversos braços que arregaçaram suas mangas e colocaram a mão na massa. Nossos pés caminham para um futuro de muitas conquistas.


 

 

       

 

Imagens