Guarda Municipal de Quatro Barras inicia patrulhamento armado

Guarda Municipal de Quatro Barras inicia patrulhamento armado


Publicado em: 19/09/2017 10:21

Whatsapp

 

A Guarda Municipal de Quatro Barras já realiza desde ontem (18) o patrulhamento armado na cidade. A liberação para o uso das armas chega à corporação após várias etapas seguidas rigorosamente pela GM, que compreenderam desde o processo de formação dos guardas municipais até a formalização do convênio com a Polícia Federal.
   
Na tarde de ontem, o prefeito Angelo Andreatta (Lara) e autoridades civis e militares participaram da cerimônia de entrega das carteiras funcionais dos guardas municipais e das armas letais que agora passam a ser utilizadas diariamente pelo efetivo.
   
Em suas considerações, o prefeito lembrou o lema da GM de servir e proteger, e a importância desta atuação para a sociedade. "Que Deus proteja cada um de vocês e que cada quatrobarrense tenha orgulho da Guarda Municipal, que tem como missão essencial servir e proteger. Que atuem em prol da nossa comunidade, com compromisso e responsabilidade", destacou Lara.
   
O secretário de Governo e Ordem Pública, Fabrício Haddad Figueira, disse que além de um avanço para a segurança pública, a data de ontem foi o encerramento de um longo ciclo de formação e capacitação, e da dedicação individual e coletiva de cada integrante da GM.
   
"Cada um está apto a exercer sua missão. Hoje estamos testemunhando o avançar da história, com uma Guarda mais operacional e capaz, tanto para sua defesa própria quanto para defesa da população, sempre agindo dentro dos limites do estrito cumprimento do dever legal", afirmou. Fabrício lembrou que o maior poder de ação da GM acarreta também responsabilidades e que, antes de portar uma arma, cada guarda municipal foi amplamente preparado.
   
Segundo o comandante da Guarda Municipal, inspetor Luciano Bernardi, o efetivo concluiu mais de mil horas de formação continuada, divididas no Curso Técnico de Formação para Guardas Municipais e no Curso de Armamento e Tiro na Escola Superior de Polícia Civil do Paraná, uma das escolas mais respeitadas do Brasil e considerada referência no treinamento para uso de armas letais.
   
Em paralelo, outras etapas também foram determinantes para o armamento do efetivo, como a autorização do Exército Brasileiro para aquisição das armas, a doação do armamento pela Polícia Civil e a formalização do convênio com a Polícia Federal para o porte de armas, de acordo com a Lei Federal 10.826 de 2003.
   
Na última semana, a Guarda Municipal participou de uma palestra na Polícia Federal, em Curitiba, onde recebeu os Certificados de Registro das Armas - a última etapa do ciclo de autorização para o porte de armas em serviço. O encontro na PF foi conduzido pelos agentes Fabrício Torres e Fernando Otávio Meyer, que destacaram cada etapa rigorosamente cumprida pela GM, desejando que a corporação se solidifique e que atue permanentemente em prol da sociedade.  

Presenças

Na solenidade de ontem (18), além do prefeito Angelo Andreatta (Lara) e do secretário de Governo e Ordem Pública, Fabrício Haddad Figueira, também estiveram presentes o delegado de Polícia Civil, Luiz Carlos de Oliveira; o comandante da 4 Cia da PM, tenente Gilberto de Oliveira Mariano; o tenente do 22 BPM, Otávio de Meira; o tenente do Batalhão de Guardas, Antonio Carlos dos Santos; o corregedor Renato Ceccon; representando o prefeito de Campina Grande do Sul, Bihl Zanetti, o servidor Roberto Figueiredo; o presidente do Conselho Municipal de Segurança, Naziel de Oliveira; o presidente da Câmara, Gilson Cordeiro; os vereadores Vânia de Lara, Wagner Pertel, Mauro dos Santos, Antonio Cezar Creplive e Vandir Rodrigues; o secretário Marco Aurélio Burkner; o diretor geral da SMGOP, Luiz Henrique Schmidlin; e os servidores Élcio, Claudenisia, Joana, Angelita e Taís.